Qual a loteria brasileira mais fácil de acertar?

Brasileiros amam jogar na loteria, e não tinha como ser diferente. De que outra maneira alguém, por estas terras tupiniquins, conseguiria ficar milionário honestamente, da noite pro dia, sem precisar fazer um esforço sobre humano, sem ser através dos jogos disponibilizados pela Caixa Econômica Federal?

Se você não nasceu com um talento excepcional para jogar futebol ou não é uma grande estrela da musica, as suas chances são muito pequenas. Por isso, arriscar alguns poucos reais todas as semanas na loteria ainda continua
a ser a maneira mais divertida e simples de, ao menos, tentar fazer esta realidade mágica acontecer.

A loteria brasileira disponibiliza cerca de 10 modalidades diferentes, a maioria muito simples de se entender. Nelas, o apostador escolher uma determinada quantidade de números e torce para que eles sejam os escolhidos em um sorteio público e auditado, realizado pela entidade. Não tem segredo: marcou, acertou, ganhou. A burocracia para receber a grana é extremamente simples, o vencedor vai a uma agência da caixa com seus documentos e o bilhete, conversa com o gerente sobre a melhor maneira de receber e, dois dias depois, a bolada está depositada em sua conta corrente ou aplicação escolhida.

E o melhor de tudo: 100% livre de impostos! Todo o valor do governo é recolhido na fonte, a quantia anunciada como prêmio é totalmente entregue ao apostador que conseguir acertar os números escolhidos no sorteio. A
Mega da Virada oferece 300 milhões, no dia 31 de dezembro. Se apenas 1 pessoa acertar, será exatamente este valor que verá em seu saldo bancário.

Suas chances de acertar

Quer jogar nas modalidades mais fáceis de acertar? Então fuja da Megasena! É isso mesmo que você leu. Ela é a loteria com menores probabilidades de acerto. 1 em cada 51 milhões de apostadores consegue marcar os 6 números necessários, um índice muito desfavorável.

Se o jogador escolher apenas os sorteios que dão mais chances aos apostadores de conseguirem ganhar com um pouco mais de facilidade, suas escolhas deverão ser as seguintes:

Loteria Federal – 1 em cada 5 bilhetes estará sorteado. Não é mágica, é probabilidade. Você pode nunca acertar, mas as suas chances de consegui-lo são infinitamente maiores.

Loteca – A famosa loteria esportiva promove 1 acerto em cada 14. Você só precisa saber um pouco sobre futebol, o esporte preferido dos brasileiros.

Dia da Sorte – A mais nova modalidade disponibilizada pela Caixa já chegou oferecendo grandes chances ao apostador. Você já a experimentou?

Lotofácil – O modelo dela é meio diferente, 15 números devem ser escolhidos dentre 25 disponibilizados. Parece fácil, mas na verdade é bem difícil conseguir acertar todos. Pagou 95 milhões de reais em setembro, no sorteio especial de Independência.

LotoGol – Mais um jogo ligado ao futebol. Você precisa acertar 5 placares esportivos na mosca! Envolve conhecimento e sorte, é claro. Ficou chateado porque a Mega tem poucas chances de acerto? Que tal experimentar a Quina da Loto? Suas chances são 6 vezes maiores que a Mega e seu preço – da aposta simples – custa a metade do valor, R$ 2,00. Os sorteios acontecem todos os dias da semana, exceto aos domingos. A Quina começa a pagar prêmios proporcionais a quem acertar a partir de dois números apenas. Quem marca 3 e 4 dezenas consegue receber quantias expressivas. Na Lotofácil também há valores distribuídos a partir dos 11 números marcados com sucesso.

A loteria brasileira paga muitos pequenos valores aos apostadores que acertem menos números do que os necessários para a premiação principal. É importante conferir as apostas ou você vai deixar até algumas pequenas
fortunas para trás.

Share on twitter
Twitter
Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email