A influência de um reality show diante de uma pandemia

O que representa a inédita quebra de protocolo do BBB20 para alertar sobre o COVID-19?

Enquanto a vigésima edição do Big Brother Brasil alcançava recorde de audiência e de maior número de votos da história do reality, com a eliminação do participante Guilherme, o Brasil já registrava os primeiros casos de COVID-19. Foram mais de 416 milhões de votos para decidir quem deixaria ou não o confinamento, o que representa aproximadamente o dobro da população brasileira.

Gostando ou não do reality, é inegável o impacto e o alcance que a edição “Pipoca vs Camarote” tem provocado na vida dos brasileiros e o quanto esses números são expressivos. Os eliminados, os favoritos, os cancelados, as brigas, todas essas informações estão a todo vapor nas timelines e, dessa forma, a famosa espiadinha torna-se inevitável.

Na mesma proporção se dá a cobertura sobre o coronavírus pelo mundo e, nesse caso, não se trata de uma questão de afinidade com o assunto, mas de uma questão de saúde pública. Precisamos nos manter informados. Por essa razao, pela primeira vez no programa, a Globo quebrou o protocolo e levou informações externas sobre a pandemia do novo coronavírus para os participantes.

Na edição italiana, O Grande Fratello, a quebra de protocolo também aconteceu. Além do comunicado sobre a pandemia, os participantes foram liberados para realizar uma ligação para seus familiares. Até então, o número de vítimas no país é muito preocupante. O número de mortes causadas pelo COVID-19 na Itália ultrapassou o número de casos na China, país em que o surto teve origem.

Diante de um cenário desesperançoso como o de uma pandemia, como e por que os realitys continuam tendo uma forte relevância em nosso dia a dia? São vários os fatores que fazem programas como o BBB arrastarem milhões de fãs e se tornarem um fenômeno de audiência, como bem diz esta matéria da equipe do site de caça níquel online Betway Cassino.

Um dos pilares do sucesso de um reality show é o seu poder de despertar identificação. O espectador está sempre em busca do familiar e daquilo que o representa, por isso é capaz de torcer, odiar, se apaixonar, rir e votar em peso. É o Show da vida.

Por conta de toda essa popularidade, o reality deixa de ser só mais uma forma de entretenimento para se transformar em uma ferramenta informativa, de combate e prevenção ao vírus, de forma extremamente eficiente, já que através dele a mensagem tem uma grande penetração nas classes sociais mais baixas, como indica este infográfico produzido pela equipe da Betway:

Sobre as faixas etárias, ainda que menos de  15% do publico registrado faça parte do grupo de risco, cabe aos mais jovens contarem para os pais e avós da importância de lavar bem as mãos e de usarem alcool gel entre um voto e outro naquele participante que você não quer mais ter que aguentar na casa mais vigiada, já que vocês (nós) também não vamos ter muito mais pra onde ir…

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp