Perguntas idiotas, tolerância zero… [2]

Não deixe de ler a primeira parte desse post, clicando aqui.

Fui à loja comprar veneno para ratos.
Tem veneno para ratos?
Sim! Vai levar?
Não, vou trazer os ratos pra comerem aqui!!!

Estou abraçado à minha acompanhante e entramos num bar romântico. O garçon
perguntou:

Mesa para dois?
Não, mesa para quatro, duas cadeiras são pra apoiar os pés!

Estou a fumar um cigarro.
Um amigo pergunta:

Ora, ora! Mas tu fumas?
Não, eu gosto de bronzear os pulmões.

Estou com uma vara de pesca na mão, linha na água, sentado na beira do rio. Um indíviduo pergunta:
Aqui há peixe?
Não!!! Não aqui há cavalo, coelho, macaco, leão …, Peixe costuma haver lá no mato…

Mulher (Ao marido chegando em casa todo molhado)
Está chovendo?
Marido
Não, é que todo mundo na rua resolveu cuspir em mim.

Repórter de TV (para senhora subindo escadaria da igreja de
joelhos)

A senhora está pagando promessa?
Senhora
Não, é que eu sou muito alta, então eu ando assim pra não
chamar a atenção.

Dona de Casa (abrindo a porta para o convidado)
Oi, você veio?
Convidado
Não, não sou eu, é outro.

Namorada (recebendo Flores)
São flores?
Namorado
Não, são cenouras.

O sujeito no caixa do cinema. Pergunta:
Quer uma entrada?
Não, quero uma saída.

Você está puxando uma planta, tentando arrancá-la, quando alguém pergunta:
Está tentando arrancar a planta?
Não! Estou brincando de cabo de guerra com um chinês!

A esposa pergunta:
Posso pôr a comida no prato?
Não. Joga no chão e vem puxando com o rodo!

Atendente do banco diz ao cliente (por telefone)
O senhor precisará comparecer na agencia em que a conta foi aberta
Comparecer pessoalmente ?
Não, se quiser o senhor pode comaparecer por e-mail

Sugestão do leitor Marcos Prado

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp