Hacker de 17 anos ficará 11 meses detido nos EUA

presoUm norte-americano de 17 anos passará 11 meses em um centro de detenção juvenil, depois de infectar milhares de computadores, passar trotes para o serviço de emergência dos Estados Unidos (911) e comprar produtos usando dados roubados referentes a cartões de crédito. Segundo o jornal “Boston Herald”, sua condenação na semana passada também inclui dois anos de liberdade condicional.

Identificado apenas pelas iniciais “N.H.” ou pelo apelido virtual Dshocker, o hacker admitiu ser culpado das acusações em novembro do ano passado. Segundo as autoridades, suas ações ilegais foram realizadas entre novembro de 2005 e maio de 2008. O jovem mora em Worcester, Massachusetts.
O site de tecnologia “Register” afirma que DShocker criou uma rede de computadores zumbis para atacar seus adversários nos games e salas de chat.

Ele ainda passou trotes reportando falsas situações de emergência que levaram a Swat, grupo de elite da polícia americana, até a casa de seus inimigos (a prática é conhecida como “swatting”). Para fazer isso, explica o “Register”, ele descobria o endereço IP das vítimas e, assim, chegava até o telefone e endereço de seus alvos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp