Chinês retira agulha que ficou espetada nas nádegas por 31 anos

020347025-fmmp00

O chinês Lao Du, de 55 anos, que mora em Zhengzhou (China), enfim poderá sentar tranquilamente após os médicos removerem uma agulha quebrada de seringa que tinha ficado presa em suas nádegas por incríveis 31 anos.

A agulha ficou espetada nas nádegas de Lao após uma injeção mal-sucedida em 1978, segundo a emissora Zhongyuan. Na época, ele foi levado para o hospital, mas os médicos não conseguiram localizar a agulha.

“Fui levado para um hospital imediatamente. Depois de ter ficado hospitalizado por nove dias, os médicos não conseguiram encontrar a agulha quebrada”, afirmou Lao Du, que sempre acreditou que o objeto estava espetado nas nádegas.

Há quatro ou cinco anos, ele contou que começou a sentir dores regularmente.
“Mesmo caminhar se tornou um sofrimento para mim”, disse ele, destacando que os hospitais não queriam fazer a cirurgia porque o incidente tinha acontecido há muito tempo.

No entanto a sorte mudou quando ele procurou o Hospital Zhengzhou. O médico Fu Konglong encontrou a ponta da agulha após três horas de cirurgia. “Foi uma cirurgia minuciosa. Tivemos que olhar em cada fibra muscular”, destacou ele.

😯

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp