Americana acusa “Pato Donald” de assédio e processa Disney

A americana April Magolon de 27 anos, entrou com um processo contra a Walt Disney, alegando ter sido molestada pelo “Pato Donald”. A ação por danos morais exige uma indenização de US$ 50 mil devido ao incidente, que ocorreu em 2008, no Epcot Center, na Flórida.

April afirma que o funcionário do parque tocou um de seus seios e continuou a “molestá-la” enquanto ela tentava pedir um autógrafo e segurava seu filho no colo. No entanto, a polícia do condado de Orange nega que tenha sido registrada qualquer ocorrência na época.

Segundo o Daily Mail, a americana diz que está lutando contra o trauma há dois anos e que sofreu “ferimentos graves” e “choque no seu sistema nervoso”, que resultaram em problemas como “ansiedade, dores de cabeça e contratação muscular”, “náuseas agudas”, “suor frio”, “insônia” e “pesadelos”.

Mas e a Margarida, como é que fica? :sad:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp