33 homens presos em uma mina no Chile mandam bilhete

Depois da comemoração pela notícia de que os 33 mineiros presos há 19 dias em uma mina no norte do Chile estavam vivos e bem de saúde, o foco da preocupação se torna o planejamento para mantê-los vivos pelos quatro meses que o resgate deve levar para chegar até eles e libertá-los do cubículo a 700 metros de profundidade. Médicos dizem que a capacidade de adaptação do corpo humano é impressionante.

Serão quatro meses de espera, o tempo previsto para construir um túnel e resgatar os 33 homens presos dentro de uma mina que desmoronou. Eles estão a 700 metros de profundidade e foram descobertos porque prenderam um bilhete em uma sonda enviada pelo grupo de resgate. [Notícida retirada do G1]


Vejam a foto do bilhete na continuação do post!


Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp