7 passatempos para tentar se você é ruim em passatempos

Se conhece como hobby, qualquer atividade que uma pessoa realiza para entreter-se por um tempo determinado. A ideia é combater o tédio e deixar a mente não se preocupar e cuidar de algo agradável.
Existem alguns passatempos que se desenvolvem esporadicamente, ou seja, sem muita constância. Com outros, tem pessoas que se tornam fanáticas. Na verdade, não só é possível encontrá-los em seções separadas de jornais impressos, agora já existem publicações específicas deste tipo de conteúdo disponíveis em bancas de revistas.

1. Filatelista o colecionador de selos

Se você não gosta de jogos mentais ou esportes, colecionar objetos pode ser o seu passatempo ideal. No mundo, existem milhões de pessoas que coletam selos (mais das que imaginamos). A palavra “filatelia” deriva do termo grego “filos” que significa “amigo” e “telos”, que significa “franquia”. Então, significa “amizade pelos selos postais”.
Alguns colecionadores limitam sua missão à aquisição dos selos. Já outros, começam examinando seu aspecto técnico: papel, vinheta, cor, carimbo postal ou mesmo as organizam de acordo com sua nação ou ano de emissão.

2. Sopa de Letras

As sopas de letras são o passatempo ideal para todos os públicos. Jovens e velhos, não há limite de idade para fazer uma. Mesmo, é um jogo que não foi afetado pelo avanço das novas tecnologias. Hoje, existem aplicativos disponíveis para smartphones. Uma das chaves, pelas que não tem passado de moda, é a sua simplicidade e rapidez.

3. Jogar pôquer online

A velha escola de jogos de apostas já está disponível por algum tempo, para qualquer um, com apenas dois cliques. Entrar em jogos online pode ser um ótimo passatempo, alguns estudos revelam que os jogos casuais combatem o estresse. Anota aí!
Para começar, é importante conhecer bem as regras do pôquer antes de iniciar um jogo. O pôquer online é uma alternativa perfeita para desconectar e melhorar, por exemplo, a concentração durante épocas de muito estrese. O acesso a uma partida é muito fácil você pode jogar a partir do seu computador ou mesmo do seu celular.

4. Sudoku

Suponha que você não gosta de ler e não se dá bem com as letras, mas você é muito bom com os números. Sudoku é um jogo matemático dos anos 70 que começou a ser popular no Japão. O objetivo que deve ser cumprido é preencher cada um dos quadrados que fazem parte das nove grelhas. Isso deve ser feito com um número que não pode ser repetido nas linhas que estão integradas horizontal e verticalmente.

5. Tirar fotos

Ao contrário do que acontecia várias décadas atrás, hoje em dia é possível adquirir uma câmera pequena, simples e automática por um bom preço. É por isso que, qualquer um, pode dedicar parte do seu tempo para tirar fotos, só precisa apontar e atirar. Se você não sabe nada sobre fotografia, é provável que se deixe levar pelos seus instintos estéticos.
De qualquer forma, esse passatempo torna-se ainda mais fácil se nosso celular possuir uma câmera porque, com aplicativos como o Instagram, em dois minutos, obteremos belos resultados.

6. Pesca

Se você não gosta das novas tecnologias ou aqueles passatempos intelectuais, como ler ou fazer palavras cruzadas, passar uma tarde de pesca pode ser a solução para o tédio de suas tardes. Durante o tempo livre, muitas pessoas se encontram na costa de um rio, lago ou mar para praticar pesca esportiva. É uma atividade cheia de misticismo e rituais que muitos insistem em continuar, acontece que em ela encontram uma alternativa para se desconectar da rotina. Não importa a chuva nem a umidade, nem o forte sol de verão nem as baixas temperaturas do inverno.

7. Fazer compras

Dizem que, fazer compras, é um dos passatempos favoritos das pessoas no mundo todo (e é melhor nem falar o que acontece quando você está de férias). Entrar em uma loja e outra, olhar, experimentar e nem sempre comprar, é um entretenimento que se encaixa perfeitamente em homens e mulheres (embora às vezes seja dito que só elas gostam). Durante esta atividade, é possível esquecer alguns detalhes, como de quanto é o nosso orçamento ou na realidade, o que é que realmente precisamos comprar.